Mãe de primeira viagem?
Cheia de dúvidas e incertezas?

Calma! A nossa equipe com 11 profissionais ESPECIALISTAS em gestação e maternidade está pronta para te ajudar!

Assista o vídeo ATÉ O FIM para saber como contar com essa ajuda valiosa!

curso mamae completa original

Curso Mamãe Completa

Criamos o Curso Mamãe Completa para solucionar todas dúvidas e incertezas que as mamães de primeira viagem têm. Já ajudamos mais de 360 mil mamães e agora chegou a sua vez de, JUNTO com a gente, proporcionar uma vida especial ao seu filho! 

O universo da maternidade é tão grande que apenas um médico não saberia as respostas para todas as suas dúvidas, por isso o Mamãe Completa reuniu uma equipe de 11 especialistas em diferentes áreas para a criação do Curso mais completo do Brasil sobre maternidade! 

Na nossa equipe temos: pediatra, psicóloga, cirurgião plástico, nutricionista, enfermeira, fisioterapeuta, dermatologista, biomédica e 3 ginecologistas/obstetras.

 

O que você vai aprender no Curso Mamãe Completa?

Um curso completo para gestantes e mamães com bebês de até 6 meses!

Módulo 1
Nossa psicóloga Nayra vai orientar você e toda sua família sobre:

Como prevenir a depressão pós-parto, que infelizmente afeta 20% das mamães e algumas chegam a rejeitar o filho após o nascimento. 

Mas não se preocupe, isso não vai acontecer com você porque nossa psicóloga vai passar todas orientações para você e sua família.

Módulo 2
Nossos ginecologistas obstetras vão falar sobre:

Outra fatalidade que afeta 23% das mamães é o aborto espontâneo. Mas nesse módulo nossos obstetras vão orientar como se prevenir disso. Também irão falar sobre:

Hora do parto;
Vantagens e desvantagens da cesariana x parto normal;
Como se preparar para ter o mínimo de dor possível.

Módulo 3
Nossa enfermeira e nosso Pediatra vão ensinar tudo sobre:

Preparação para amamentação antes do parto;
Cuidados com as mamas;
Amamentação na primeira hora de vida;
Pega correta;
Como evitar rachaduras;
Posições corretas para amamentar;
Como aumentar a produção de leite;
Relactação e translactação;
Tudo sobre amamentação na vida real.

Módulo 4
Sono do bebê com Dr. Paulo Telles:

Um dos grande pesadelos das mamães de primeira viagem é justamente como fazer o bebê dormir!?

Mesmo se o seu filho ainda não nasceu, o momento certo para passar essas orientações sobre o sono é agora.

Justamente para orientar as mães de primeira viagem sobre alguns riscos e possíveis maus hábitos comuns na hora de fazer o bebê dormir.
E muito mais, em 11 módulos cheios de conteúdo!


Módulo 5

Nutrição com a nossa nutricionista Roseli:

Tudo que você deve comer durante a gestação e tudo que você NÃO pode comer porque tem sérios riscos de contrair toxoplasmose!

Também vai passar as orientações de como combater os enjoos de forma 100% natural!  Além de dicas do que pode ou não pode comer para evitar cólicas no bebê!


Módulo 6

Dicas de dermatologia com a nossa dermato Laura Shimizu:

Outra fatalidade que afeta 23% das mamães é o aborto espontâneo. Mas nesse módulo nossos obstetras vão orientar como se prevenir disso. Também irão falar sobre:

Hora do parto;
Vantagens e desvantagens da cesariana x parto normal;
Como se preparar para ter o mínimo de dor possível.


Módulo 7

Primeiros socorros
com enfermeira Aline:

O que fazer se o seu bebê se engasga com o leite materno?

Extremamente importante saber exatamente o que fazer, pode ser a única chance de salvar a vida do seu bebê!

Então consideramos esse um dos módulos mais importantes do curso, temos certeza que ele pode ser de muita ajuda.


Módulo 8

Nossa fisioterapeuta Patrícia vai:

Orientar você sobre quais são os melhores exercícios para você se preparar para a hora do parto, e sentir o mínimo de dor possível.

E o que fazer para depois do parto voltar a ter o seu corpo em forma de volta no menor tempo possível! 

Também vai falar como evitar dores nas costas, melhores posições para dormir de maneira confortável e muito mais!


Liberamos 4 das 120 aulas para você conhecer um pouquinho do que temos a oferecer!

Aula 1 - Módulo Amamentação

Aula 1 - Módulo Sono do Bebê

Aula 1 - Módulo Depressão Pós Parto

Aula 1 - Módulo Nutrição na Gestação


O que dizem nossas clientes?
Veja alguns depoimentos!

veja alguns depoimentos de clientes do curso mae completa
depoimentos reais sobre o curso de maternidade mamae completa
curso de maternidade completa


O que exatamente é o Mamãe Completa?

O Curso Mamãe Completa não tem nada a ver com os cursos de hospitais ou qualquer outro curso que existe por aí. Não falamos apenas sobre um assunto, como por exemplo, apenas amamentação, ou apenas sobre o sono do bebê, ou apenas o que a gestante não pode comer…

O Curso Mamãe Completa oferece toda orientação desde que a mamãe descobre que está grávida até o seu filho ter 6 meses de vida! Foi elaborado por toda nossa equipe de 11 especialistas

para orientar a mamãe a ter uma gravidez segura e um filho saudável!

Pra quem o Mamãe Completa é indicado?

O Curso Mamãe Completa é destinado a gestantes e mamães com bebês de até 6 meses!
O curso é dividido em 11 módulos, com 120 aulas e 860 minutos de orientações!
Ele é 100% online e você poderá ver e rever as aulas quantas vezes você quiser para SEMPRE!

Então, junte-se a mais de 360 mil mamães e venha participar da maior comunidade de maternidade do Brasil!


Ok, Mas como vou ter acesso ao curso?

✅  Curso é 100% online, você não precisa viajar até nossas clínicas e consultórios;
✅  As aulas já estão gravadas, então você pode ver na hora e no ritmo que você quiser;
✅  Você vai ter acesso às aulas para sempre!
✅  Ao efetuar a matrícula você receberá um login e senha por e-mail para acessar os conteúdos;
✅  Nossa curso está integrado com a Hotmart, a maior plataforma de vendas e cursos online do Brasil;
✅  7 dias de garantia! Se por algum motivo você não quiser mais participar do curso, basta nos enviar um e-mail ou para a Hotmart e na hora faremos o reembolso total do valor.


Outas Vantagens do Mamãe Completa

Outra grande vantagem de se matricular agora no Curso Mamãe Completa é que, além de receber todas as aulas e bônus, você terá 1 ano de suporte com toda nossa equipe de profissionais!
Qualquer dúvida que você tiver nos próximos 12 meses basta você nos perguntar e iremos te orientar da melhor forma possível!

Um atendimento com 11 diferentes profissionais por apenas 45 reais por mês você só irá encontrar aqui no Mamãe Completa! 


Confie na nossa equipe de médicos porque, além de já terem ajudado 360 mil mamães, todos já vivenciaram isso com seus próprios filhos! Clique no botão acima e JUNTOS vamos dar uma vida especial ao seu filho!

garantia de satisfação para mamaes completas

Aqui estão 10 maneiras de ser uma Mamãe Completa:

1. Cuide-se.

Um dos maiores presentes que você pode dar à sua família é cuidar de si mesmo; seu corpo, mente, sentimentos e espírito. Muitas mulheres estão acostumadas a se colocarem por último na lista de tarefas. Eles ficam tão focados em dar tudo sem nunca ter um limite que ficam doentes, ficam ressentidos ou esquecem como é se alimentar.

Ao reservar um tempo para cuidar de si mesmo, você cria uma maneira de ser mais saudável e forte, que permite cuidar das crianças e de outras pessoas em sua vida de maneira mais completa e divertida.

2. Ame e aceite a si mesmo.

As mães são incríveis em poder amar incondicionalmente seus filhos. Mas e quanto a amar a si mesmo incondicionalmente? Com que frequência você tem uma voz crítica em mente, julgando seus esforços, se rebaixando e se criticando?

Silencie o crítico e aumente o diálogo interno positivo da mesma maneira que conversaria com um amigo ou seu filho.

3. Perceba que você é uma mãe para toda a vida.

Durante toda a vida, seu filho terá muitos relacionamentos. Ser mãe de seu filho é de longe um dos relacionamentos mais impactantes, se não o mais impactante. Entenda que ser mãe de um filho é um compromisso ao longo da vida de nutrir, ensinar, cuidar, orientar, amar e apoiar o crescimento de outra pessoa ao longo da vida.

4. Crie uma vida separada do seu filho.

Seu filho precisará de você de maneiras diferentes ao longo da vida útil. Um bebê precisa que sua mãe esteja atenta a qualquer momento para alimentar, trocar e abraçar. À medida que a criança passa para a primeira infância, a infância e a adolescência, as necessidades mudam.

Estar disponível para o seu filho é fundamental, mas também ter uma vida de amigos, interesses e atividades separados do seu filho.

5. Aprenda a se desculpar.

Quando você comete um erro, faz algo doloroso, perde a paciência ou esquece de fazer algo, é importante aprender a habilidade de pedir desculpas. Isso não deve ser confundido com o uso excessivo de pedir desculpas pelas mulheres por se afirmarem ou terem um pensamento ou sentimento. Não estou falando em pedir desculpas por qualquer coisa; aprenda a se desculpar quando cometer um erro ou se envolver em um comportamento que machuca outra pessoa ou afeta uma situação com seu filho.

6. Esteja aberto ao feedback do seu filho.

As crianças comunicam muitas coisas através do comportamento e das palavras. Ouça o seu filho quando ele tiver algo a dizer, concentre sua atenção nele. Você pode não concordar com o feedback deles, mas dar a seu filho tempo e espaço para ouvir seus pensamentos ajuda muito no desenvolvimento e na autoconfiança.

7. Passe um tempo de qualidade com seus filhos.

Os pais estão mais ocupados do que nunca hoje em dia. Como mães, somos levados a direções diferentes para apoiar nossos filhos que pouco têm a ver com passar um tempo de qualidade com eles. 

Seu filho precisa de um tempo de qualidade regular e rotineiro com você. Faça disso uma prioridade todos os dias.

Pergunte e seja curioso. As respostas que eles dão podem apenas encantar e surpreender você.

8. Não leve o mau comportamento do seu filho para o lado pessoal.

Você já ouviu a expressão “dores de crescimento” – bem, que não inclui apenas crianças. Os pais também sentem as dores crescentes em reação à pressão da independência e autonomia à medida que a criança cresce.

Independência e crescimento geralmente resultam em conflito – sua agenda versus a agenda do seu filho. Às vezes, é mais fácil entender uma criança dizendo “não” e fazendo birra do que quando uma adolescente ou adolescente faz um comportamento semelhante.

Em momentos de frustração, tente ver a mensagem que seu filho está tentando se comunicar e não leve seu comportamento para o lado pessoal. Provavelmente tem mais a ver com o desenvolvimento infantil do que você como pessoa.

9. Mostre seus sentimentos, mas não sobrecarregue seu filho.

Modelar como gerenciar suas emoções é uma lição importante para as crianças. Quando você está sentindo uma emoção, por exemplo, ter um dia ruim, tenha seus próprios sentimentos, se estiver afetando seu comportamento. Dizendo ao seu filho: “Mamãe está chateada com algo que aconteceu hoje, para que eu fique um pouco mais quieta, só quero que você saiba.”

Esse tipo de diálogo e interação não apenas ajuda a modelar o gerenciamento de humor saudável, mas também permite que seu filho entenda que seus comportamentos e sentimentos não são o resultado de algo que eles fizeram. As crianças geralmente gostam de preencher a lacuna para entender o mundo, e fazem isso algumas vezes fazendo suposições de que a culpa foi deles.

10. Permita que seu filho seja quem ele é.

Personalidade e temperamento são características fortes de uma criança. 

Naturalmente, como mães, queremos influenciar, moldar e expor nossos filhos a muitas oportunidades. 

As crianças geralmente sabem quem são e o que querem. Parte de nosso trabalho como pais é encontrar um equilíbrio entre incentivo e influência, exposição e independência.

Permita que seu filho seja quem ele é, com orientação, amor e apoio de você.

A maternidade é uma jornada individual com muitas experiências e sentimentos universais compartilhados: momentos de preocupação, medo, raiva, frustração, aborrecimento, tristeza, exaustão, mágoa, vergonha, alegria, gratidão, felicidade e contentamento.

Quando compramos a perfeição , perdemos a oportunidade de entender como emoções desafiadoras – aquelas que nos estimulam e nos pressionam – são os sentimentos em que aprendemos mais sobre nós mesmos.

Quanto mais as mães estiverem dispostas a compartilhar como se sentem, o que precisam ou o que pode estar acontecendo abaixo da superfície perfeita da imagem, mais próximas ficam de melhorar seu bem-estar e felicidade.

Uma mãe saudável é a base para criar boas mães. E lembre-se: seu filho precisa de você – uma versão saudável de você – e não um perfeito.

Fontes: https://www.blogdayeda.com/curso-mamae-completa-funciona/
https://julianatrevisani.com/curso-mamae-completa-funciona/